Follow by Email

terça-feira, 8 de março de 2011

Reflexões sobre empreender...

Depois de alguns meses ausentes, retomo meu blog! E antes de publicar o vídeo que estou preparando de retrospectiva do ano de 2010 (está em produção e em breve estará disponível aqui!) queria compartilhar com vocês minha "nova visão" sobre empreender.

Neste mais de um ano trabalhando em uma empresa focada em inovação e empreendedorismo aprendi coisas que fizeram mudar minha forma de ver a vida. Também passei por algumas mudanças pessoais significativas que com certeza contribuíram para que esse aprendizado fosse ainda mais intenso.

Cheguei a essa "nova visão" há uns 2 meses atrás, quando assisti o filme "The Social Network" (sobre a criação do Facebook). Sem tirar os méritos do filme, que é excelente e mostra o que é empreender na prática, lembro bem que quando terminei de assistir o filme eu parei e pensei: "É isso? Esse é o grande Mark Zuckerberg que todos utilizam como exemplo de empreendedor?" E desde então, quando escuto falar do Mark e do seu grande feito, não sinto admiração por ele como sinto por outros empreendedores. O Facebook é uma ideia fenomenal, é um sucesso e admiro a inteligência da pessoa que foi capaz de criar essa rede social. O que não admiro é o perfil de empreendedor que normalmente utilizamos como exemplo em nosso cotidiano.

A partir disso, concluí que existem diferentes perfis de empreendedores e que precisamos tomar cuidado quando escutamos exemplos e os utilizamos como referência para nossas vidas. E quando digo que existem perfis diferentes não estou falando de diferenças como empreendedor empresarial e social, por exemplo, mas sim diferenças na forma de empreender.

Até o momento, consegui identificar 3 perfis de empreendedores, considerando pessoas que tive a oportunidade de conhecer de uma forma mais profunda (seja por convivência ou pela mídia):

- Empreendedor "estilo Mark Zuckerberg": é o tipo de empreendedor que sabe o que quer e faz o que estiver ao seu alcance para alcançar seus sonhos, assim como os outros. Porém, trabalha de acordo às suas vontades, sem pensar muito em como isso irá impactar a vida das pessoas que estão ao seu redor. Se tiver que enfrentar problemas de relacionamento ou até enfrentar a justiça fará sem nenhum problema, e inclusive acho que esse tipo de situação o motiva mais a empreender;
- Empreendedor "estilo Iván Vera" (fundador da empresa onde trabalho hoje): é uma pessoa que tem sonhos e sabe que enfrentará problemas para transformá-los em realidade, mas que não acredita que brigar com o mundo seja a única forma de ganhar mercado e criar seus projetos. É uma pessoa que valoriza as relações sociais sempre, colocando-as em primeiro lugar porque considera que a rede de contatos é o bem mais valioso que um ser humano pode ter;
- Intra-empreendedor: é uma pessoa que gosta de criar coisas novas, mas que não quer necessariamente criar uma empresa nova. Ela se sente feliz por trabalhar na empresa onde está, tem espaço para inovar e se sente realizada por isso. Enfrenta os mesmos desafios que os outros dois perfis de empreendedores e também precisa resolver os problemas para poder criar novos negócios, porém o faz dentro da empresa.

Por ser uma empreendedora, chegar a essa conclusão me deu um alívio imenso! Digo isso porque a visão que eu tinha antes era do "estilo Mark Zuckerberg". Até ano passado eu pensava que se não fosse alguém capaz de virar o mundo de ponta cabeça eu não seria uma empreendedora por completo. Hoje, eu me sinto mais motivada e animada por ver que me identifico mais nos outros dois perfis e que posso, sim, empreender sem ter que virar o mundo de pernas pro ar (em realidade ainda não sei em qual deles me encaixo porque estou sendo uma intra-empreendora na INNSPIRAL, abrindo uma filial da empresa no Brasil, e ao mesmo tempo estou empreendendo um projeto pessoal na área de educação).

Bom, queria compartilhar essa visão principalmente porque quero ouvir opiniões. Críticas e sugestões são bem-vindas, afinal não sou especialista no assunto, só estou tentando descobrir qual é o meu lugar no mundo! =)

"Quando uma pessoa se aceita como ela realmente é as coisas acontecem naturalmente"